R. Antônio de Barros, 2391 - São Paulo/SP
(11) 2925-5653
falar e ouvir

5 COISAS QUE SEU FILHO PRECISA OUVIR DE VOCÊ

A maioria dos pais sabe que dizer “parabéns” e o “eu te amo” são palavras que podem potencializar o reconhecimento e amor que sentem pelos filhos. Porém, existem muitas outras frases que além de fortalecer a autoestima e confiança dos pequenos, ainda auxiliam a compreensão e vivência de algumas habilidades que o ajudarão a encarar os dilemas da vida.

São elas:

1. “EU CONFIO EM VOCÊ”

“Filho, você pode ir tomando banho sozinho por alguns minutos, enquanto eu pego a toalha lá no quarto.” Ao dar uma responsabilidade ao filho, você auxilia na construção da autoconfiança dele e da confiança que existe entre vocês. Reforça sua crença de que ele é capaz de fazer algo sozinho e que ele pode confiar nisso, pois você estará por perto para ajudá-lo, caso seja necessário.

2. “ERROS ACONTECEM”

“Ops, você derrubou o suco no chão. Não tem problema, vamos pegar um pano e podemos limpar isso juntos.” Essa é uma das maneiras de mostrar que é comum cometermos erros e que as coisas podem ser resolvidas. Quando ficamos furiosos é como se não existisse aceitação das imperfeições dos outros.

3. “ESCOLHA DIFERENTE”

“Você prefere jantar e depois ter um tempo de brincar ou escolhe continuar ai enrolando, jantar e ficar sem brincar, afinal, não dará tempo, pois terá que dormir.” Essa atitude ensina que todos os dias fazemos escolhas que nos levam a uma conseqüência e que sempre podemos escolher diferente, se quisermos ter um resultado melhor. Quando oferecemos 2 opções possíveis de serem escolhidas para as crianças, os fazemos pensar, escolher e viver suas escolhas. Ao usar o “se você”, eles se sentem pressionados e até fazem o que pedimos, mas com raiva, afinal não tem outra opção.

4. “ME DESCULPE, EU ERREI”

“Filho, você tem razão de ficar chateado comigo. Me desculpe, eu errei em falar assim com você.” As vezes, vacilamos, isso é normal. Cada erro nos dá a chance de mudar antes que aconteça novamente. Para os pais essa é uma oportunidade valiosa de mostrar aos filhos o que significa assumir a responsabilidade por suas atitudes e como resolver as situações desconfortáveis.

5. “EU TE DESCULPO POR…”

“Eu te desculpo, mas me preocupo em saber o que fez você agir daquela maneira?” Em muitos momentos as “desculpas” podem se tornar algo automático, como uma resposta padrão. Com as crianças é importante que elas entendam o que elas fizeram para pedir desculpas. Isso ajuda os pequenos a perceberem como suas atitudes afetam as outras pessoas e reconhecerem exatamente o porque de estarem arrependidos pelo que fizeram.

Construindo juntos, tudo se transforma!!

Com amor,

Ana Flávia Fernandes

Posts Relacionados

Deixe uma resposta