R. Antônio de Barros, 2391 - São Paulo/SP
(11) 2925-5653
casamento e filhos

COMO EVITAR A "CRISE PÓS FILHOS" NO CASAMENTO?

Com a chegada do primeiro filho a rotina do casal se transforma e muitas mudanças podem surgir. A criança é totalmente dependente do adulto para auxiliá-la no seu desenvolvimento. Então, o sono dos pais pode sofrer alterações, a liberdade da vida a dois se enfraquecer, a mãe se sentir sozinha ou sobrecarregada e o pai se sentir excluído ou com ciúmes da atenção que a mãe dá ao bebe. Isso pode gerar um grande desconforto ou insatisfação com o casamento.

Nessa fase de rearranjos e novas experiências, alguns casais se separam nos primeiros anos de vida dos filhos, outros vão ajustando o novo funcionamento da família e encontram boas soluções.

É importante lembrar que antes do nascimento do filho o homem e a mulher já era um time, menor, mas que tinha as suas preferências, momentos individuais e de casal. Essa é a base da família e por isso é essencial ser cultivada para evitar uma “crise pós filhos” no casamento.

O casal que reserva um tempo para ficar sem os filhos abre espaço para resgatar o papel de mulher/homem que muitas vezes fica escondido atrás do papel da maternidade/paternidade. O beijo, a troca de carinho, a atenção, o respeito de ouvir e ser ouvido que marido e mulher constroem nessa relação, transmite a mensagem da empatia e amor entre as pessoas. Quando estamos felizes e confiantes nesta parceria, as crianças percebem que seu pai e sua mãe são o seu porto seguro também.

Um grande segredo do casamento é dividir as tarefas e quando os filhos chegam, isso é ainda mais necessário, porque aproxima pai e filho e alivia a carga para a mãe. Ao compartilhar o dar banho, comida, trocar roupa, colocar para dormir, passear e levar para escola, fortalecemos o sentimento de que podemos confiar e contar um com o outro. A criança que presencia essa cumplicidade entre os pais, compreende que o ajudar e pedir ajuda é fundamental para mantermos relações saudáveis com as pessoas e ninguém se sobrecarregar.

Assim como é bom para os homens jogar futebol com os amigos também é bom para as mulheres terem um tempo somente para elas como, encontrar as amigas, ir no salão ou fazer pilates. Esses momentos sem a família nos fazem ver outras realidades, falar de outros assuntos, ouvir outras historias, fazer e manter amizades. Esse é um grande exemplo para as crianças de como produzir a nossa felicidade individual, com a família e com os amigos.

Ajustar a rotina do sono das crianças e dos pais é um dos grandes desafios do casamento com filhos. Por isso, os combinados ajudam muito: quem dorme um pouco mais nesse final de semana? Se os dois trabalham, podem revezar as atividades e qualquer outro combinado que atenda as necessidades do pai e da mãe será fundamental para manter a saúde emocional da família em dia.

Vale a pena cuidar dessas sutilizas da rotina do casamento e com essa base bem fortalecida será ainda mais tranqüilo passar pelos próximos desafios da maternidade/paternidade.

Com amor,

Ana Flávia Fernandes

Posts Relacionados

1 comentário

Deixe uma resposta