R. Antônio de Barros, 2391 - São Paulo/SP
(11) 2925-5653
reprovado aprovado na escola

REPETIR O ANO NA ESCOLA

Oi, gente!!

O ano está terminando e muitos pais podem viver momentos de angustia e preocupação com o desempenho escolar dos filhos. Algumas passam “raspando” e outras, mesmo com toda a dedicação, são reprovadas. Como ajudar as crianças a passarem por essa experiência que pode ser tão rica, mas muito frustrante?

Geralmente, a reprovação escolar começa a dar sinais já nas primeiras provas do ano, quando a criança demonstra dificuldade com alguma matéria. Ao longo do ano esse aluno continuou manifestando o quanto foi difícil compreender aquele conteúdo. Então, a escola entende que esse estudante não está preparado para avançar para a próxima série e receber uma nova carga de informação.

São muitas as causas que podem influenciar na reprovação de um aluno, dentre elas estão as alterações no desenvolvimento cognitivo, da linguagem e afetivo. Por isso, a repetência na escola vem como um grande convite para revermos a postura de estudante e a nossa participação no processo de aprendizagem dos pequenos.

Quando vemos uma criança empenhada para aprender, tem local e horário de estudo definido, que exerce seu papel de estudante e treina todo dia, podemos entender a reprovação como uma necessidade de se ter mais tempo para desenvolver alguma habilidade. Se encontramos uma criança desconectada de sua vida escolar, que se dedica pouco para aprender e estuda um dia antes da prova, isso pode mostrar o quanto é urgente desenvolver sua noção de cuidado e responsabilidade com os estudos.

Criticar, brigar, castigar, tirar brinquedos e passeios não serão tão eficientes quanto a real conseqüência da reprovação para a criança. Afinal, ela terá que rever tudo novamente com a exigência de um resultado melhor. Lidar com os mesmos professores, com as mesmas matérias, mas os amigos desse ano vão para a próxima série e ela não. Todas essas vivências já são um aprendizado valioso sobre atitudes e suas conseqüências. Acredite!!

O nosso desafio é avaliar junto com a criança os fatores que contribuíram para a reprovação, identificar as dificuldades e oferecer apoio para que os desafios sejam vencidos no próximo ano.

A nossa presença, o acompanhamento de perto, o respeito e o acolhimento são essenciais para encorajar as crianças em assumir suas responsabilidades com os estudos e como resultado o amadurecimento cognitivo e emocional. Além disso, quando percebemos uma dificuldade podemos buscar ajuda da escola, de uma psicopedagoga, fonoaudióloga ou psicóloga para receber informações de como auxiliar nesse processo de aprendizado das crianças.

Essa é uma grande oportunidade de encontrarmos caminhos para construir com as crianças esse lugar tão valioso que é o de estudante. Aquele que vê o empenho e a dedicação com a vida escolar como um processo a ser cuidado durante o ano todo e não só depois que vierem as notas vermelhas e do perigo de ficar de recuperação ou de repetir o ano na escola.

A criança que vive essa experiência neste lugar de aprendiz, entende a importância de se dedicar para alcançar um objetivo, o quanto é necessário cuidar diariamente de cada atitude que tem ao longo do caminho até atingir sua meta e, principalmente, que ela é a pessoa que vive diretamente a conseqüência das ações dela. Esses são aprendizados preciosos que levará pro resto da vida e podem fazer com que ela mude de postura para sempre.

Com amor,

Ana Flávia Fernandes

9 de dezembro de 2015
|||||

Posts Relacionados

Deixe uma resposta